Literatura e esvaziamento da História: ensaios de literatura

Autores: Cid Ottoni Bylaardt
Este livro contém oito ensaios de literatura, que tratam de obras da literatura brasileira, contemplando os escritores José de Alencar, Pedro Nava, Henriqueta Lisboa e Márcio de Souza, e o escritor português António Lobo Antunes, além de apresentar reflexões sobre a literatura em diálogo com pensadores como Roland Barthes, Didi-Huberman, Maurice Blanchot e Martin Heidegger
Capítulo 1 Literatura e esvaziamento da história Literature and the emptying of history Capítulo 2 Heidegger, Blanchot: inspiração para a leitura de um poema de Henriqueta Lisboa Heidegger, Blanchot: inspiration for reading a poem by Henriqueta Lisboa Capítulo 3 Uma revolução das palavras: a realidade linguística de Lobo Antunes A revolution of words: the linguistic reality of Lobo Antunes Capítulo 4 Farrapos de memórias: representação como hiperimaginação em Mad Maria Rags of memories: representation as hyperimagination in Mad Maria Capítulo 5 Vozes indígenas em Iracema e O guarani, de José de Alencar Indigenous voices in Iracema and O guarani, by José de Alencar Capítulo 6 O estranho murmúrio de Fragmentos de um discurso amoroso The strange mumbling of A lover’s discourse: fragments Capítulo 7 Dos projetos barthesianos em torno do Discurso Amoroso Barthes’ Projects Concerning a Lover’s Discourse Capítulo 8 Lembrar para esquecer Um roteiro de Beira-mar, de Pedro Nava Remember to forget A script of Beira-mar, by Pedro Nava Índice onomástico Sobre o autor

eBook gratuito disponível nas plataformas

Venda e distribuição nacional de livros impressos