Pimenta-Cultural_Toponímia-libras.jpg
Toponímia em Libras: pesquisa, ensino e
interdisciplinaridade

Autor: Alexandre Melo de Sousa

A obra Toponímia em Libras: pesquisa, ensino e interdisciplinaridade está dividida em três partes: Inicialmente, o autor discute questões relacionadas ao ato de nomear, ao léxico (geral e em línguas de sinais) e ao ensino da Toponímia em Libras, numa perspectiva interdisciplinar, como foco na Educação Básica. No segundo momento, propõe uma descrição do sinal toponímico em Libras (estrutural, semântico-motivacional e icônica), observando as características específicas da língua de modalidade visual-espacial. Por fim, a obra apresenta um panorama das pesquisas em Toponímia em Libras desenvolvidas no Brasil, destacando as particularidades de cada investigação. As questões relacionadas ao ensino permeiam toda as partes da obra, sugerindo aplicações em sala de aula, na educação de alunos surdos.

ISBN:

978-65-5939-314-5 (brochura)
978-65-5939-315-2 (eBook)

DOI: 10.31560/pimentacultural/2022.152

Download gratuito da obra:

Pimenta Cultural - Google Books - Academia.edu

Capítulos

Agradecimentos


Prefácio


Primeiras palavras


Capítulo 1

O ato de nomear e a formação do léxico das línguas

O léxico e o ensino
Toponímia e interdisciplinaridade
Toponímia e ensino: estudos


Capítulo 2

O sinal toponímico: estrutura e motivação

Sinal toponímico: aspectos formais
Sinal toponímico: aspectos motivacionais
Taxionomias de natureza física
Taxionomias de natureza antropocultural
Outras taxionomias
Sinal toponímico: iconicidade

 

Capítulo 3
Pesquisas sobre toponímia em libras

A pesquisa de Souza-Junior (2012)
A pesquisa de Aguiar (2012)
As pesquisas de Bezerra (2015; 2016)

A pesquisa de Alemão (2017)

A pesquisa de Sousa (2018)
As pesquisas de Sousa e Quadros (2019)
A pesquisa de Jesus (2019)
A pesquisa de Ferreira (2019)
A pesquisa de Urbanski, Xavier e Ferreira (2019)
A pesquisa Ferreira e Xavier (2019)
A pesquisa de Sousa (2019)
A pesquisa de Souza e Novodvorski (2020)
A pesquisa de Santos (2020)
A pesquisa de Chaibue (2020)
A pesquisa de Miranda (2020)
A pesquisa de Marcelino (2021)
A pesquisa de Carmo (2021)
A pesquisa de Sousa (2021)
 

Síntese


Considerações finais


Referências


índice remissivo