Pimenta-Cultural_Por-a-Deus-o-processo-d
“Por amor a Deus” o processo de alforria de escravos em Mariana (1750-1779)

Autor: Carlo Guimarães Monti

Essa obra tem por propósito estudar e entender as relações que se estabeleciam entre senhor e escravo em meio ao processo de alforria no termo de Mariana entre 1750 e 1779.  As cartas de liberdade não são consideradas como o fim das obrigações devidas pelos escravos sim como o momento inaugural de um novo tipo de relacionamento entre senhor e escravo. 

ISBN: 978-65-5939-002-1

DOI: 10.31560/pimentacultural/2020.021

Download gratuito da obra:

Pimenta CulturalSlideShare - Academia.Edu - Google Books 

CAPITULOS:

 

Apresentação


Introdução


Capítulo 1
Concessão de alforrias
1.1 - Cidade de Mariana e seu termo
1.2 - Economia e liberdade
1.3 - A quantificação das alforrias
1.4 - Meninos, meninas e a liberdade
1.5 - Adultos alforriados


Capítulo 2
Aqueles que alforriaram
2.1 - Os que alforriaram por meio dos registros cartoriais
2.2 - As informações deixadas por quem alforriou nos testamentos e inventários
2.3 - Em vida e na morte
2.4 - Entre testamentos e inventários
2.5 - Alforrias concedidas em testamentos

Capítulo 3
A transição para a liberdade
3.1 - Cartas de liberdade e escrituras de liberdade
3.2 - Gratuidade
3.3 - As coartações e os vínculos


Considerações finais


Referências


Fontes manuscritas

Fontes impressas


Bibliografia


Sobre o autor


Índice remissivo