A psicografia como prova no processo penal: o risco de ofensa à paridade de armas

Cartas psicografadas como meio de prova no processo penal é um tema afeto à influência que a religião pode exercer sobre decisões judiciais. A questão probatória é tema relevante no ordenamento jurídico vigente, principalmente em razão dos direitos e garantias fundamentais. Assim, a mediunidade, fenômeno ligado à psicografia, apresentase como objeto de estudo, tendo em vista a influência que pode exercer em decisões judiciais penais quando cartas supostamente psicografadas são materializadas e anexadas em processos judiciais em curso.

ISBN digital:

9786559391332

ISBN impresso:

9786559391325

DOI:

10.31560/pimentacultural/2021.332

Autor: Braulio Brasil de Almeida

eBook gratuito disponível também nas plataformas:

academia-logo-big_edited.png
google-books_edited.png

Livro impresso disponível para compra nas plataformas:

logo-umlivro-g.png
amazon-logo_edited.png
americanas-logo_edited.png
novo-logo-casas-bahia-2-scaled.jpg
logo-estante-virtual_edited.png
extra-logo_edited.png
magalu-logo_edited.png
logomarca-mercado-livre_edited.png
novo-logo-ponto-frio-2021.jpg
shopee-logo_edited.png
shoptime-logo_edited.png
submarino-logo_edited.png