Pimenta-cultural-imaginario-estetica.jpg
Imaginário, estética e cultura: ensaios transdisciplinares

Organizadores: Mário de Faria Carvalho, Clécia Pereira, Graciele Andrade.

Esta obra reúne um conjunto de textos que perfaz o debate sobre fenômenos contemporâneos a partir de diferentes  expressões artísticas, da estética, da cultura popular, das questões sobre gênero(s) e corpo(s), da Teoria do Imaginário, das sensibilidades e da educação. Assumindo o caráter transdisciplinar das discussões, os textos ressaltam importantes diálogos entre diferentes áreas do saber, teorias, métodos e abordagens que têm sido exploradas n’O IMAGINÁRIO – Grupo de Pesquisas Transdisciplinares sobre Estética, Educação e Cultura e na Linha de Pesquisa ‘Educação e Diversidade’ do Programa de Pós-graduação em Educação Contemporânea, ambos vinculados à Universidade Federal de Pernambuco, Centro Acadêmico do Agreste.

ISBN:

978-65-5939-180-6 (brochura)
978-65-5939-181-3 (eBook)

DOI: 10.31560/pimentacultural/2021.813

Download gratuito da obra:

Pimenta Cultural - Google Books - Academia.edu

Capítulos

Introdução
Notas iniciais, ou sobre os paradigmas imagético, estético e cultural
Mário de Faria Carvalho
Clécia Pereira
Graciele Andrade


Capítulo 1
Caminhos metodológicos sensíveis a partir da Teoria do Imaginário de Gilbert Durant: a obra de arte como artefato epistêmico e fonte de pesquisa
Graciele Andrade
Mário de Faria Carvalho


Capítulo 2
Imagens tecidas por linhas escritas
Daniela Nery Bracchi


Capítulo 3
“Vem pra ciranda dançar”: o imaginário da ciranda na xilogravura de J. Borges
Hidelbrando Lino de Albuquerque


Capítulo 4
Infância e imaginação: perspectivas poéticas para educação sensível
Alan Campos
Clécia Pereira

Capítulo 5
Educação, corpo e movimento: a dança como pedagogia do sensível
Clécia Pereira
Érica Jacira de Araújo Silva


Capítulo 6
“Que diferença da mulher o homem tem?”: reflexões sobre palhaçaria feminina
Sarah Monteath dos Santos


Capítulo 7
Vozes do barro: pelas mãos de Marliete
Ilzy Gabrielle Soares da Silva
Mario de Faria Carvalho


Capítulo 8
Experiências, narrativas subalternizadas e saberes femininos: reflexões sensíveis acerca da construção de uma epistemologia feminista a partir das experiências de mulheres
Maria Beatriz Dias de Medeiros
Maria Rita Piancó


Capítulo 9
O corpo: construções teóricas a partir de Judith Butler e Gilles Deleuze
Luís Massilon Silva Filho

Capítulo 10
“Êpa, bicha não! Eu sou uma ‘quase’ mulher”: um estudo epistemológico e estético sobre a montaria de corpos e gestualidade Drag Queen
João Pedro Nunes da Rocha
Mário de Faria Carvalho


Capítulo 11
Epistemologia feminista, mulher e patriarcado: críticas feministas e imagéticas à ciência
Rachel de Melo Farias
Carmem Emanuella Santos Costa


Capítulo 12
(Re)significando os sentidos da educação-artecultura na educação de jovens e adultos: um olhar para o Teatro do Oprimido
Stefani Tamires Alves Ribeiro Holanda


Capítulo 13
O desenho animado infantil como pedagogia cultural: problematizando as construções sociais de gênero e raça a partir da fantasia
Jéssica Ribeiro de Oliveira
Ridelma Barbosa de Moura Minhaqui


Capítulo 14
Por uma educação imaginante: notas a partir de um relato de experiência
Priscila Budaes

Capítulo 15
Simbologias do movimento Hare Krishna: diálogos com a abordagem sensível da teoria do imaginário de Gilbert Durand
Ivan Nicolau Corrêa


Capítulo 16
Baquaqua ou a denúncia de uma branquitude perversa em um Brasil não tão distópico
José Diêgo Leite Santana


Capítulo 17
Descolonizar as identidades de gênero e construir epistemologias outras: uma análise sobre as pedagogias do MST voltadas para o enfrentamento às desigualdades de gênero a partir dos estudos do sul
Rubem Viana de Carvalho


Sobre os autores e autoras


Índice remissivo