Pimenta_cultural-educacao-participacao-c
Educação e participação social e política de jovens no governo Lula: potencialidades, limites e contradições.

Autor: Carlos Soares Barbosa

Este livro visa a analisar as mediações que não possibilitaram no governo Lula a efetiva implementação de uma educação integral e emancipadora aos jovens de baixa renda e escolaridade, na perspectiva da “escola unitária” de Gramsci. Constitui como campo de investigação o Projovem Urbano - um dos formatos que a Educação de Jovens e Adultos adquiriu no referido governo e que tinha entre seus objetivos o fortalecimento da participação social e política dos jovens.

ISBN:

978-65-5939-120-2 (brochura)
978-65-5939-121-9 (eBook)

DOI: 10.31560/pimentacultural/2021.219

Download gratuito da obra:

Pimenta Cultural - Google Books - Academia.edu

CAPÍTULOS:

Prefácio


Apresentação


Início de conversa


Capítulo 1
As Políticas Educacionais e Sociais no Contexto do “Novo-Desenvolvimentismo” do Governo Lula da Silva: ruptura com a agenda neoliberal?


1.1 Florestan Fernandes: alicerces epistemológicos para compreensão da permanência do capitalismo dependente no Brasil no governo Lula

Capítulo 2
Capital Social e as Estratégias Educativas para a Nova Sociabilidade do Capital no Novo Milênio: participação, cidadania e democracia na perspectiva liberal


2.1 O Fomento à Participação dos Pobres em Ações Comunitárias: a nova roupagem do programa Desenvolvimento de Comunidade (DC) da era desenvolvimentista (1960-1980)

Capítulo 3
O Paradigma da Participação nas Políticas de Juventudes e o Projovem Urbano: contexto e execução


3.1 O Projovem Urbano no Contexto das Políticas de Juventudes e da Redemocratização da Democracia
3.2 Participação Cidadã e Plano de Ação Comunitária: as estratégias metodológicas para a produção de capital social

Capítulo 4
A Participação Cidadã no Projovem Urbano: possibilidades, limites e contradições


4.1 Educandos e Educadores do Projovem Urbano: precarização do trabalho e baixa participação cidadã
4.2 Participação Social e os Desafios do Plano de Ação Comunitária: entre a emancipação e o conformismo

Considerações finais

Referências

Sobre o autor

Índice remissivo